Blog desses tempos

terça-feira, setembro 17, 2002

Outro dia eu sonhei com a Andrea Dumortout, com quem eu estudei no Col�gio Batista por algum tempo. Eu era "apaixonado" por ela, tinha uma atra��o f�sica forte (s� da minha parte hehe :( ). Hoje ela � dentista e noiva de um cara, que parece, tamb�m � dentista. A minha primeira paix�o de adolesc�ncia foi a Anya. Ela estudava no Batista (�ta coleginho legal, durante uma �poca da minha vida, depois ficou uma me***). Foi a primeira "mulher" (afinal de contas ela era s� uma menina, na �poca, mas nenhuma menina � "s� uma menina", se � que voc� me entende) por quem fui totalmente apaixonado, fissurado, pensava nela 24 horas por dia, todos os dias da semana, todas as semanas do m�s). N�o sei onde ela est� agora. Engra�ado, ela nem era t�o assim, era magrinha (eu gosto mais de meninas "cheinhas" - n�o gordas !!!), mas tinha um rostinho angelical, acho que isso que me atra�a nela. Tinha mais duas por quem eu era apaixonado, um tempo depois. A Liliana Gomes, que eu n�o tinha tanto contato assim, mas, veja s�, quanta coincid�ncia, tamb�m estudava no Batista. Ela se "formou" no col�gio um pouco antes de mim e acho que hoje em dia est� casada. E ela era bem religiosa, Batista, e eu nunca fui chegado em ter uma "religi�o" naquela �poca, embora sempre desejasse o bem e o amor, pois considero isso mais importante. Ela era bonitinha, mais "magrinha" que a Andrea, e tinha um jeitinho doce e era um pouco "popular" no meio "Batista" do col�gio. Ela se formou em Odontologia (!!!) e acho que tem um consult�rio na Pra�a Saens Pe�a. Outra que eu cheguei a "namorar", mas foi namoro "de crian�a" foi a Bianca, que acho, nunca "aceitou" ter "namorado" comigo, talvez at� negue isto, mas ela foi importante pra mim, numa �poca. Depois ela foi namorar um outro amigo meu, o Ricardo, mas isso � outra est�ria. E n�o, ela n�o � dentista ! Foram as quatro meninas mais importantes na minha hist�ria "adolescente-afetiva-sexual". Nossa, a Andrea era muito bonitinha. Eu lembro at� hoje de um passeio que fizemos, um passeio que foi rom�ntico pra mim, na �poca, porque foi em um Observat�rio e porque ela estava l�, obviamente !