Blog desses tempos

quarta-feira, fevereiro 26, 2003


Ela est� aqui no Brasil !



Nasce em 16 de mar�o de 1953, em Paris. Passa sua inf�ncia em Ville d'Avray com seu pai, diretor de uma empresa de cofres-fortes; sua m�e, professora de ingl�s; suas tr�s irm�s e um irm�o. Matriculada no conservat�rio de Versalhes por sua m�e, ela ganhou um primeiro pr�mio de interpreta��o por Un caprice, de Musset. Depois de licenciar-se em russo, faz cursos no Conservat�rio de arte dram�tica onde seus professores s�o Jean-Laurent Cochet e Antoine Vitez. Estr�ia no cinema com Nina Companeez em Faustine et le bel �t�, em 1971.

� com seu papel de adolescente desvirtuada por G�rard Depardieu e Patrick Dewaere em Les Valseuses que Isabelle Huppert se torna conhecida pelo grande p�blico. Bertrand Tavernier pensa nela, em 1975, para o papel de Rose, a noiva secreta do juiz interpretado por Philippe Noiret em Le Juge et l'Assassin. "Um tipo de forma a Renoir, um lado extraordinariamente infantil, uma interioridade atravessada por momentos de ataque de riso. Logo senti que ela podia sugerir, dissimular, que, como Kenny Clarke, as notas que ela n�o tocava eram t�o importantes quanto as que ela tocava", diz sobre ela o cineasta no livro Isabelle vue par..., de Marc Ruscart.

Mas � outro diretor, Claude Chabrol, que se torna seu mentor. Os dois artistas t�m grande cumplicidade, mas continuam a se tratar formalmente. Por Violette Nosiere, em 1978, Isabelle Huppert ganha o pr�mio de Melhor Atriz, em Cannes. Em Une affaire de femme, ela interpreta uma mulher levada a se tornar uma aborteira durante a ocupa��o alem�. Em La Cerimonie, divide a cena com Sandrine Bonnaire e em Rien ne va plus, com Michel Serrault. Em Merci pour le chocolat ela interpreta Mika, uma mulher fria e perversa.

Exigente na escolha de seus pap�is, a atriz � vista como uma intelectual, apesar de se definir mais como algu�m interessante. Trabalhou com grandes diretores: Jean-Luc Godard (Sauve qui peut la vie), Maurice Pialat (Loulou), Beno�t Jacquot (Les Ailes de la Colombe, L'�cole de la chair, La Fausse Suivante) ou Olivier Assayas (Les Destin�es sentimentales).

Isabelle Huppert, que se encontra entre as maiores atrizes francesas, conduz tamb�m uma carreira internacional. Trabalha com Michael Cimino (La Porte du paradis / Heaven's gate), Andrzej Wajda (Les Poss�d�s), Hal Hartley (Amateur) ou ainda Werner Schroeter (Malina). Em La Pianiste do austr�aco Michael Haneke, ela interpreta uma professora de piano masoquista. Um papel que considera "decisivo" e que lhe valeu um segundo pr�mio de Melhor Atriz, em Cannes.