Blog desses tempos

quarta-feira, dezembro 17, 2003


Como uma flor, sou o sexo fragil, esperando pela sua gentileza, moca dos campos.